Como transformar sua empresa em uma organização sustentável?

A cada dia, tornar-se uma empresa sustentável deixa de ser uma tendência de mercado e passa a ser uma premissa para os negócios que desejam dialogar, cada vez mais, com os seus consumidores.

A preocupação com o meio ambiente por parte das organizações, sejam elas pequenas, médias ou grandes é, hoje, ponto-chave para que as empresas se destaquem frente à concorrência.

Uma pesquisa realizada pela Opinion Box, em 2021, mostrou que 54% dos consumidores brasileiros não comprariam produtos e serviços de empresas ligadas a casos de agressão à natureza, ao mesmo tempo que 53% não comprariam produtos agressivos ao meio ambiente.

Do ponto de vista de 82% dos consumidores entrevistados, uma empresa sustentável tem mais chances de conquistá-los como clientes. Quer saber mais sobre como transformar sua empresa em uma organização ambientalmente sustentável? Então, acompanhe a leitura!

O que significa ser sustentável?

Essa pergunta é o ponto de partida para falar sobre sustentabilidade empresarial. Ao contrário do que muitos pensam, o conceito de sustentabilidade não está relacionado apenas à práticas de preservação do meio ambiente.

Uma empresa sustentável é aquela que é gerida, de forma perene, para colaborar com o desenvolvimento da sociedade, contribuindo também de forma positiva para a comunidade em que está inserida. Nesse sentido, "ser sustentável" é um conceito que engloba práticas ambientais, sociais e éticas, também conhecidas como práticas ESG.

No final deste artigo, traremos exemplos práticos e simples para adotar no dia a dia de seu negócio.

Benefícios de ser uma empresa sustentável

Motivos não faltam para que você comece, desde já, a adotar práticas sustentáveis ou mesmo continuar evoluindo com elas na sua empresa. No entanto, vamos aos fatos:

Mais lucratividade

De acordo com um artigo publicado pela VocêRH, em 2015, as marcas sustentáveis cresceram 4% a mais do que as que não tinham políticas ​​voltadas para o meio ambiente. Além disso, uma empresa sustentável atrai mais investidores, destacando-se como mais valorizada e confiável no mercado.

Boa reputação da marca

Como citamos anteriormente, empresas sustentáveis passam uma imagem positiva para os consumidores, o que leva 82% dos brasileiros a afirmarem que a adoção de práticas sustentáveis pelas organizações eleva a chance de conquistá-los como clientes.

Entretanto, a conquista é apenas uma parte do processo. O engajamento pela responsabilidade ambiental é um fator decisivo para a fidelização desses clientes — ainda segundo a pesquisa da Opinion Box, 81% concordam que se sentem mais satisfeitos ao comprar produtos sustentáveis.

Agir de acordo com a legislação ambiental

No Brasil, existe uma série de normas e legislações especialmente criadas para proteger os recursos naturais e a biodiversidade. Empresas que não agem de acordo com essas obrigações podem ser penalizadas de diversas maneiras, inclusive com multas, muitas vezes mais custosas do que o próprio investimento em sustentabilidade.

Além de andar lado a lado com a lei, o governo brasileiro incentiva empreendedores a adotarem práticas sustentáveis, com iniciativas que vão desde linhas de crédito até reduções fiscais, por exemplo.

6 exemplos de práticas sustentáveis para adotar nas empresas

São inúmeras as ações que podem ser adotadas para que você tenha uma empresa sustentável e engajada com as questões ambientais. Confira abaixo, algumas dicas para aplicar imediatamente na sua empresa com pouco ou nenhum custo adicional no orçamento.

1. Energia solar

Ao contrário do que se pensa, não é necessário gastar milhões de reais com instalação de painéis solares para usufruir dos benefícios desse tipo de energia. Com a Órigo Energia, por exemplo, é possível utilizar a energia solar por meio de um serviço de assinatura.

Mas… como isso funciona?

A Órigo já possui Fazendas Solares produzindo energia elétrica. Ao assinar um plano de energia solar, você adquire parte da energia produzida por essas fazendas.

Isso significa que a sua parte adquirida será injetada na rede de transmissão elétrica da sua região e você, não só estará contribuindo com o meio ambiente, utilizando energia 100% limpa, como também economizando, já que a energia solar é mais barata.

Saiba mais em: Como funciona uma Fazenda Solar?

2. Reciclagem

Pode parecer uma dica trivial, mas a verdade é que de todo o lixo reciclável produzido no Brasil, apenas 4% é efetivamente reciclado, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe). Por tanto, essa é uma dica valiosa, se você deseja ter uma empresa sustentável.

A simples separação de materiais feitos de plástico, vidro, papel e metal já faz grande diferença. No entanto, é possível ir além!

Se você tem um negócio alimentício, pode reciclar o óleo de cozinha, se é proprietário de uma loja de consertos eletrônicos, pode reciclar os componentes eletrônicos que seriam descartados, assim como retalhos e tecidos, se você é dono de uma loja de roupas.

São inúmeros os materiais que podem ser reciclados. Por isso, uma boa dica é fazer a análise do que está sendo descartado na empresa e pesquisar quais poderiam ser os destinos desses materiais.

3. Embalagens sustentáveis

As embalagens são como o cartão de visita da empresa, a forma como o produto chega na mão do consumidor diz muito sobre os valores que se quer passar e o tipo de serviço prestado. Sendo assim, escolher embalagens mais sustentáveis, além de contribuir imensamente com a natureza, também é uma boa forma de conquistar o consumidor contemporâneo, antenado nas questões ambientais.

4. Documentação eletrônica

Documentação em papel, além de prejudicar o meio ambiente, gera uma série de outros inconvenientes para as empresas, como a burocracia e a necessidade de mais espaço físico para armazenamento.

Automatizar processos utilizando planilhas e guardando documentações em armazenamento virtuais, são alguns exemplos de ações que os empreendedores podem implementar facilmente em seu negócio para mitigar o problema da documentação física.

Mas, se mesmo assim ainda for necessário para a sua empresa manter algumas documentações em papel, é possível otimizar esse processo, optando pelo papel reciclado e a utilização das folhas em frente e verso.

5. Promova uma cultura sustentável

Sua empresa não será sustentável se os seus colaboradores não pensarem de forma sustentável.

Veja: não adianta colocar uma lixeira de separação de lixo reciclável se os seus colaboradores não estiverem engajados com a reciclagem. Ou mesmo, adotar energia solar, sem que as pessoas entendam que a economia dos recursos também é importante.

Por isso, invista em ações informativas e treinamentos que conscientizem os colaboradores sobre as práticas sustentáveis adotadas e a importância delas, não só para o negócio, mas também para a sociedade como um todo.

6. Escolha fornecedores e parceiros sustentáveis

A sustentabilidade nas empresas se estende para toda a cadeia produtiva do negócio. A sua empresa será cada vez mais sustentável se todos os envolvidos nela compartilharem dos mesmos valores.

Por isso, prefira fornecedores e parceiros que também adotem práticas sustentáveis em seu dia a dia. Empresas certificadas com o selo B, como a Órigo, garantem que estão engajadas com todas as questões de sustentabilidade. Procure por esse tipo de certificação na hora de negociar. Quer saber mais sobre sustentabilidade nas empresas? Então, continue acompanhando a Órigo pelo Blog e nas redes sociais!

  • 2018

  • 2021

  • A nova bandeira tarifária: escassez hídrica

  • Agenda 2030

  • alternativa

  • ambiente escolar

  • aquecimento global

  • aquecimento solar

  • aspectos tecnológicos

  • assinatura de energia

Assinando com a Órigo você pode economizar até:

15% de economia mensal de energia limpa e renovável 15% de economia mensal de energia limpa e renovável

de economia mensal com energia limpa e renovável

Assine nossa
newsletter