energia solar

O que é energia solar?

A energia solar, como o próprio nome já diz, é a energia proveniente do Sol. Essa fonte de energia pode ser convertida em energia solar fotovoltaica, térmica e heliotérmica. Quanto maior a incidência de raios solares sobre os painéis fotovoltaicos (placas solares), maior será a quantidade de energia produzida.

Como funciona a energia solar?

Para transformar os raios solares em energia térmica ou elétrica, são necessários equipamentos específicos e tecnológicos, como painéis fotovoltaicos, placas solares e heliostatos, também conhecidos como milhares de espelhos. Por meio desses equipamentos, é possível transformar a luz que foi captada do sol em energia térmica e elétrica.

como funciona a energia solar

Por que a energia solar é limpa e renovável?

A energia solar é renovável, pois o Sol é uma fonte inesgotável de energia, estando disponível o tempo todo para nós. Além disso, é uma fonte de energia limpa, pois seu processo de captação e geração não danifica o meio ambiente e o ecossistema, não gerando ruídos, nem emitindo gases de efeito estufa. Por isso, também é uma fonte de energia considerada sustentável. Além disso, ainda é uma energia mais barata!

Hoje, a energia solar se tornou uma opção financeiramente mais econômica que os combustíveis fósseis, proporcionando uma economia relevante a longo prazo. No caso das fazendas solares, em que não há necessidade de investimento ou obras, há economia de até 15% mensalmente na conta de luz.

Benefícios e vantagens da energia solar

Quando você opta por usufruir da energia solar no seu dia a dia, você proporciona ao meio ambiente inúmeros benefícios. Segundo matéria divulgada pela ABSOLAR, a energia solar não libera gases do efeito estufa na atmosfera e, por isso, não contribui com a aceleração do aquecimento global.

A seguir, listamos outros benefícios de investir em uma fonte de energia limpa e sustentável:

  • É uma fonte renovável e inesgotável de energia;
  • É uma fonte de energia gratuita, pois recebemos a luz do Sol em abundância;
  • É uma energia alternativa mais barata para as pessoas do que as convencionais;
  • As tecnologias dos painéis solares estão cada vez mais avançadas e eficientes;
  • Os painéis fotovoltaicos possuem uma vida útil de mais de 30 anos;
  • Os equipamentos para a geração de energia requerem pouca manutenção;
  • Demanda uma área menor para a instalação dos geradores, comparados a uma usina hidrelétrica, por exemplo;
  • É possível gerar energia até mesmo em dias nublados e chuvosos;
  • É uma alternativa para fornecer energia para lugares mais afastados.

Leia também: Benefícios da energia renovável para a humanidade

Desvantagens da energia solar

Por ser uma fonte de energia que ainda está se popularizando no Brasil, os custos para produção da energia solar ainda são um pouco elevados.

Em pesquisa realizada pela revista Forbes, a instalação de painéis solares fotovoltaicos em uma casa de tamanho médio com jardim, dois dormitórios e três banheiros pode ter um custo que varia entre 17 e 25 mil reais, o que é um pouco fora da realidade da maioria das famílias brasileiras.

Além do alto custo, há também que se arcar com manutenção e instalações para adquirir os equipamentos que irão converter os raios solares em energia elétrica.

A seguir, listamos outras desvantagens dessa fonte de energia:

  • Não é possível gerar essa energia durante a noite;
  • Produção de acordo com as condições atmosféricas;
  • Requer um bom sistema para realizar o armazenamento;
  • Algumas regiões com altitudes elevadas podem produzir pouca energia durante o inverno.

Energia solar com a Órigo

esquema visual de energia solar compartilhada

Com a energia solar por assinatura da Órigo, as desvantagens relacionadas a esse modelo de negócios não são aplicáveis no dia a dia, pois, por meio das nossas fazendas, produzimos energia renovável, limpa e sustentável que chega à casa de milhares de pessoas. Saiba mais aqui!

Tipos de energia solar

Como já havíamos mencionado, por meio dos raios solares, é possível gerar três fontes de energia: fotovoltaica, térmica e heliotérmica. A seguir, vamos explicar para você quais as diferenças entre elas.

Energia solar fotovoltaica

A energia fotovoltaica é a eletricidade produzida por meio da energia solar (luz proveniente do Sol). Quanto mais radiação a placa fotovoltaica coleta, maior é a quantidade de energia elétrica produzida.

Como a energia solar fotovoltaica é medida?

Existem diversos tamanhos de painéis solares. Os mais comuns para casas e empresas são os de 60 células, com cerca de 1m x 1,65m, e pesam em torno de 18-20kg cada. A potência varia de 240 até 270 Watts.

Quanto mais eficiente é um painel solar, mais energia solar ele gera por metro quadrado (Wh/m²). A eficiência é basicamente a porcentagem de energia da luz do Sol que o painel solar converte em energia elétrica por m².

Ou seja, sua capacidade máxima de armazenamento é proporcional a essa característica. Por exemplo, um painel com eficiência de 21% converte 21% da energia que incide sobre o painel em energia renovável.

Leia também: Potência instalada e energia gerada: entenda a diferença

Energia solar térmica

Quando o assunto é energia solar, a energia térmica é a mais conhecida entre as pessoas. Afinal, é bem comum encontrarmos placas solares e boilers nos telhados de diversas residências.

O que poucas pessoas sabem é que a energia solar térmica não é convertida em energia elétrica. A principal função dessa fonte de energia é captar a radiação solar, que, posteriormente, será conduzida para um reservatório térmico, permitindo, assim, o aquecimento da água de casas, empresas e apartamentos.

Energia solar heliotérmica

A energia solar heliotérmica também é conhecida como “concentrating solar power”. Essa fonte de produção de energia funciona a partir de centenas ou milhares de espelhos, que também são conhecidos como heliostatos, cuja função é captar os raios solares por meio desse sistema de produção e, com isso, alimentar as turbinas, que vão possibilitar a geração de energia elétrica por meio da energia mecânica.

Como a energia solar é convertida em eletricidade?

Esse processo ocorre por meio dos painéis fotovoltaicos, que contêm as células fotovoltaicas. Essas células possuem um material semicondutor, geralmente composto por silício.

O equipamento capta os raios do Sol e realiza o processo de transformação energética: os fótons contidos na luz solar refletida nas células causam uma agitação/excitação dos elétrons no semicondutor, gerando, assim, a eletricidade, que, então, é armazenada e, posteriormente, distribuída.

Ao contrário do que se pode pensar, esse processo ainda é possível em dias nublados ou até mesmo chuvosos. A diferença é que quanto mais o céu estiver aberto e mais irradiação as placas captarem, maior será a intensidade da energia gerada.

Você viu? Sol: saiba como funciona a fonte de energia solar

Energia solar no Brasil

O Brasil está entre os melhores países para a geração de energia solar. Segundo os dados da ABSOLAR, em 2022, o Brasil superou a marca de 11 gigawatts (GW) de energia solar produzida em nosso território. Isso se dá à soma de todas as usinas, fazendas e telhados solares instalados por toda parte.

Os 5 estados que mais geram energia solar

mapa de incidência solar no brasil

Segundo a ABSOLAR, no território nacional, a produção de energia solar se destaca no Sudeste e no Sul, onde estão as maiores potências instaladas no país. São elas:

  • Minas Gerais – 1.787,6 MW
  • São Paulo – 1.422,2 MW
  • Rio Grande do Sul – 1.249,1 MW
  • Mato Grosso – 716 MW
  • Paraná – 522,1 MW

A classificação é feita a partir do potencial de geração de energia solar instalado, comparando a geração dividida pelo restante do país.

As 10 maiores usinas solares do Brasil

A primeira usina solar surgiu em 2011, no município de Tauá, no sertão do Ceará. Em 11 anos, muita coisa mudou. O mercado vem se desenvolvendo e, com isso, surgiram outras usinas solares em cada canto do Brasil.

As 10 maiores usinas solares do Brasil são:

  • Usina solar São Gonçalo - 475 MW
  • Usina solar Pirapora - 321 MW
  • Usina solar Nova Olinda - 292 MW
  • Parque solar Ituverava - 292 MW
  • Complexo solar Lapa - 168 MW
  • Central Fotovoltaica Juazeiro Solar - 156 MW
  • Usina solar Guaimbê - 150 MW
  • Usina solar Apodi - 132 MW
  • Parque solar Paracatu - 132 MW
  • Usina solar de Tauá - 1 MW

De acordo com matéria publicada pela CNN Brasil, em 2050, aproximadamente 32% da energia que será utilizada no mundo será proveniente dos raios solares.

Como a Órigo produz energia solar?

Atualmente, a energia solar da Órigo é produzida por meio de nossas Fazendas Solares. Ao todo, já são mais de 35 fazendas, que estão captando os raios solares e transformando em energia elétrica para chegar até a sua casa.

Agora, você deve estar se perguntando: como a energia solar chega até a sua casa?

Essa produção de energia solar é injetada na rede de distribuição local, chegando até a sua residência por meio de créditos de energia de acordo com o perfil de consumo.

Tendência de crescimento da energia solar

A energia solar é uma categoria em tendência de crescimento. Com tantos benefícios para o consumidor e para os negócios, os números de quem busca pela oferta do serviço no país aumentam gradualmente.

O crescimento do mercado de energia solar também tem sido impulsionado pelo aumento da poluição ambiental, pela oferta de incentivos governamentais e pela redução de impostos para a instalação de painéis solares.

Além disso, a diminuição da pegada hídrica associada à produção de eletricidade também favorece a demanda nos setores de geração de energia fotovoltaica. Os dados da ABSOLAR revelam que, no setor de geração distribuída, a fonte cresceu e representa 61%, enquanto a geração centralizada representa 39%. Além disso, desde 2012, a energia solar fotovoltaica evitou mais de 8,3 milhões de toneladas de emissões de CO2.

Gostou deste conteúdo? Então, acesse a nossa categoria energia que descomplicamos esse e outros temas relacionados com a energia solar!

  • 2018

  • 2021

  • A nova bandeira tarifária: escassez hídrica

  • Agenda 2030

  • alternativa

  • ambiente escolar

  • aquecimento global

  • aquecimento solar

  • aspectos tecnológicos

  • assinatura de energia

Assinando com a Órigo você pode economizar até:

15% de economia mensal de energia limpa e renovável 15% de economia mensal de energia limpa e renovável

de economia mensal com energia limpa e renovável

Assine nossa
newsletter