Recorde na geração de energia solar no Brasil

No início deste ano, o País atingiu 14 gigawatts (GW) de capacidade instalada de energia solar fotovoltaica, equivalente à potência da Usina de Itaipu, segundo a ABSOLAR.

Foi uma conquista histórica para o setor de energia renovável e uma prova do potencial da geração de energia solar no Brasil. Mas o que o conjunto desses dados significa para o futuro do país e do mundo?

Ainda de acordo com a ABSOLAR, desde 2012, a geração de energia solar no Brasil aquece a economia com a criação de milhares de oportunidades de emprego para a população, e já obteve mais de R$74,6 bilhões em novos investimentos e R$20,9 bilhões em arrecadação aos cofres públicos.

E mais: o impacto positivo é perceptível não só para a economia, como para o meio ambiente. A produção de energia solar no Brasil já foi capaz de reduzir a emissão de CO2 em mais de 18 milhões de toneladas

As emissões de CO2 na atmosfera

Segundo informações da BBC, somente em 2019, o mundo emitiu mais de 36 bilhões de toneladas de gás carbônico (CO2), composto químico diretamente ligado ao efeito estufa e ao aquecimento global. Mas você pode estar se perguntando: de onde vem essas emissões e como podemos contribuir para sua redução?

De acordo com o Global Carbon Project, em torno de 86% das emissões de CO2 são provenientes da queima de combustíveis fósseis para a produção de energia e de outros materiais. Ou seja, estamos falando de fontes de energia que:

  • Não são sustentáveis, renováveis ou limpas;
  • Vão na contramão dos objetivos do desenvolvimento sustentável;
  • Contribuem para o aquecimento global e desastres socioambientais .

No entanto, especialistas alertam que o cenário ainda é reversível. Uma coletânea de 47 trabalhos revisados pela Universidade de Stanford demonstrou que a transição para fontes renováveis, como a solar e a eólica, poderia reverter os efeitos do aquecimento global, e não somente desacelerá-los.

Um futuro mais sustentável

A redução drástica do uso de combustíveis fósseis até 2050, em prol da produção de energia solar e eólica, seria capaz de manter o planeta abaixo da meta de aquecimento global de 1,5° do Acordo de Paris. Entre os benefícios dessa conquista, veríamos:

  • A redução de eventos climáticos extremos, como inundações e secas;
  • A diminuição de doenças respiratórias e mortes pela poluição do ar, sobretudo em países de baixa e média renda ;
  • A redução das contas de energia, a partir da democratização dessa tecnologia, como já acontece na energia solar por assinatura da Órigo.

Ou seja, a geração de energia solar fotovoltaica no Brasil, assim como a de outras fontes limpas, é um elemento-chave para o desenvolvimento sustentável do país, tanto social quanto ambiental.

Afinal, a energia solar é mais barata e movimenta a economia com a geração de empregos e de investimentos. Saiba mais sobre como a Órigo estimula a equidade de gênero no setor de energias renováveis.

Por onde começar?

Os desafios da transição energética são diversos, como a formulação de políticas públicas e a democratização do acesso a fontes renováveis. No entanto, os recordes na geração de energia solar fotovoltaica apontam para a possibilidade de um futuro mais verde e democrático. 

Aderir à energia solar fotovoltaica, por exemplo, já é uma opção para aqueles que buscam a redução a curto prazo dos gastos com a conta de luz. 

Hoje, a energia solar por assinatura para residências e negócios é capaz de fornecer uma alternativa limpa e renovável, além da diminuição de até 15% na conta de energia. Conheça a Órigo e comece a construir um futuro mais sustentável para o mundo e para o seu bolso. Se gostou deste conteúdo, confira as seções Energia e Economia dentro do nosso blog.

  • 2018

  • 2021

  • A nova bandeira tarifária: escassez hídrica

  • Agenda 2030

  • alternativa

  • ambiente escolar

  • aquecimento global

  • aquecimento solar

  • aspectos tecnológicos

  • assinatura de energia

Assinando com a Órigo você pode economizar até:

15% de economia mensal de energia limpa e renovável 15% de economia mensal de energia limpa e renovável

de economia mensal com energia limpa e renovável

Assine nossa
newsletter