Tendências de mercado: a importância da sustentabilidade empresarial

Os hábitos de consumo mudaram e, com isso, o mercado precisou acompanhar as novas necessidades do consumidor. Assim, vem surgindo o mercado de empresas sustentáveis.

Segundo uma pesquisa realizada pelo IBV (Institute for Business Value), vinculado à empresa de tecnologia IBM, divulgada pela Veja, em 2021, 84% dos consumidores classificam a sustentabilidade empresarial e ambiental como moderadamente importante.

Além disso, com as praticidades da era digital, ficou mais fácil conferir se o posicionamento e as práticas de gestão sustentável de determinadas marcas ou empresas estão alinhadas com a sustentabilidade empresarial, o que tem cada vez mais espaço na consideração e fidelização do público.

Você já leu? Empreendedorismo sustentável: como aplicar em seu negócio?

Outro dado apontado pelo levantamento mostra que, em comparação com 2019, aumentou 22% o número consumidores que dizem que a responsabilidade ambiental é muito ou extremamente importante na hora de formar opinião sobre uma marca.

Além da sua importância ao meio ambiente, a sustentabilidade empresarial contribui para que o consumidor identifique o posicionamento da marca e possa agregar maior valor aos produtos e serviços oferecidos pela empresa.

Por que o consumidor valoriza as empresas sustentáveis?

Os impactos ambientais e sociais da sustentabilidade corporativa ganharam o centro de muitos debates no mercado consumidor brasileiro. Seja pelo exemplo de grandes empresas comprometidas com o meio ambiente no Brasil, pelo aumento das discussões online sobre a necessidade de uma mudança de hábitos ou os avanços e praticidades nas soluções sustentáveis existentes atualmente, como a energia solar, o público está cada vez mais engajado com a responsabilidade socioambiental.

A exemplo da repercussão de eventos como a COP26 , a Conferência das Nações Unidas sobre Mudança do Clima de 2021, que foi amplamente divulgada e debatida durante todo o mês de novembro nas mídias sociais no Brasil, existe uma vasta demanda por informações e ações práticas de empresas sustentáveis.

Entre os anos de 2017 e 2020, as ofertas de produtos sustentáveis cresceram 198% no Brasil, segundo um estudo do Mercado Livre divulgado pela Folha de S. Paulo. O mesmo levantamento apontou que, apenas entre 2019 e 2020, 1,4 milhão de brasileiros compraram produtos dessa categoria dentro da plataforma.

Em muitos negócios, trata-se de uma via de mão dupla, em que marcas sustentáveis e clientes se dedicam a pôr em prática ações que ajudam o desenvolvimento sustentável

Por um lado, a brasileira iFood, líder no setor de delivery na América Latina, anunciou no mesmo ano o compromisso de ser uma empresa carbono neutro, com 50% das suas entregas na forma de transporte não poluentes e zerar a poluição plástica até 2025.

Em contrapartida, segundo a empresa, alguns restaurantes já adotam métodos sustentáveis em sua rotina, como oferecer a opção de não enviar talheres descartáveis e guardanapos embalados em plástico. 90% dos usuários do app que têm essa opção escolhem não recebê-los.

Quais são os impactos socioambientais das empresas não sustentáveis?

As ações mais comuns de empresas e negócios que geram graves consequências ao meio ambiente são a utilização de fontes de energia à base de combustíveis fósseis, a emissão de gases poluentes, a poluição das águas decorrente do descarte inadequado de resíduos e do excesso de uso de produtos não recicláveis.

Se trata de consequências que podem ser presenciadas mais facilmente, como a superlotação de espaços destinados ao lixo descartado, e que são amplamente debatidas na mídia, como o consumo de água, de energia e o aumento dos gases de efeito estufa na atmosfera. Essa situação tende a ser minimizada com a presença da sustentabilidade ambiental nas empresas.

Leia também: Fontes de energia renováveis e não renováveis

Como tornar a sua empresa mais sustentável

Em 2019, um levantamento feito pela agência Union + Webster e divulgado pelo G1, mostrou que 87% da população brasileira prefere comprar produtos e serviços de empresas sustentáveis, enquanto 70% dos entrevistados afirmam não se importar em pagar um pouco mais por isso.

Nesse cenário, muitas empresas buscam práticas que incluam seus negócios no segmento sustentável. Algumas opções que você pode seguir são: 

  • Reduzir o consumo de água; 
  • Aproveitamento da água da chuva;
  • Reaproveitamento de materiais; 
  • Separação de lixo para a coleta seletiva;
  • Dar preferência a produtos regionais.

Além disso, mantenha-se sempre atualizado sobre as tendências de consumo e pesquise mais sobre atuações de empresas sustentáveis.

A energia solar por assinatura é tendência da sustentabilidade

A energia solar por assinatura é uma alternativa fácil e prática para introduzir o seu negócio às iniciativas sustentáveis.

Com a Órigo, a energia solar é produzida nas fazendas solares e chega até você pelas instalações da sua distribuidora local. Por isso, não existe gasto com investimento de instalação ou manutenção de painéis fotovoltaicos.

Com alguns cliques, a sua empresa passa a utilizar uma energia limpa e renovável que vai ajudar o planeta, diminuir a sua conta de energia e afirmar o comprometimento do seu negócio com o meio ambiente.

Se quiser saber mais sobre como mudar o seu consumo de energia e fazer parte da mudança, acesse o link para conhecer os benefícios da energia solar por assinatura.

Leia também: Quais são os benefícios da energia solar para as empresas?

  • 2018

  • 2021

  • A nova bandeira tarifária: escassez hídrica

  • Agenda 2030

  • alternativa

  • ambiente escolar

  • aquecimento global

  • aquecimento solar

  • aspectos tecnológicos

  • assinatura de energia

Assinando com a Órigo você pode economizar até:

15% de economia mensal de energia limpa e renovável 15% de economia mensal de energia limpa e renovável

de economia mensal com energia limpa e renovável

Assine nossa
newsletter